Planta Samolus valerandi - alfacinha

Código: 1915

Marca: Chácara Takeyoshi

Avaliação: 0 Comentário(s)
Na compra desse produto ganhe 10 pontos RsDiscus

Por:
R$ 10,00

Apenas R$ 9,00 à vista com desconto
/998

Simulador de Frete
- Simulador de Frete

Planta Samolus Valerandi - alfacinha


Nome Popular: Alfacinha

Nome Científico: Samolus valerandi

Origem: Cosmopolita

pH: 6.0 a 9.0

Temperatura: 20 a 28ºC

Iluminação: Forte

Dureza da água: Mole a Média

Tamanho: De 5 a 10 cm

Posição no aquário: Frente  ou Meio

Propagação: Corte e replantio de mudas

Exigência quanto aos cuidados: Difícil

Nutrição: Pelas raízes e folhas, recomendado o uso de substratos férteis e fertilizantes líquidos.


OBSERVAÇÃO IMPORTANTE PARA MONTAR UM PLANTADO:

Toda planta necessita em maior ou em menor quantidade de:

1. Substrato fértil: pois, plantas se alimentam pelas folhas, mas, principalmente por suas raízes ! Se vai fazer um aquário pobre em macro e micronutrientes; exemplo: areia (camada inerte), laterita (ferro) e humus (NPK em quantidade somente para os primeiros meses), precisará suplementar com fertilizantes líquidos semanalmente, necessariamente (elementos traço, cálcio, enxofre, bóro, sódio, zinco, manganês e etc ! - use um fertilizante líquido completo) ou utilize um substrato completo (este sim suprirá as plantas por anos). Plantas extremamente exigentes como carpete e plantas vermelhas, só tem crescimento pleno em substrato completo.

2. Iluminação artificial: para fazer o papel do sol: para a planta fazer a fotossíntese ! Se vai fazer um aquário LOW LIGHT; use somente plantas resistentes, são recomendadas como por exemplo: cabomba, elódea, valisnéria (aquáticas) e anubias ou amazonenses (higrófilas) que possuem folha larga.  Para estas mais resistentes vai necessitar de no mínimo 0,5watt por litro. Se quer plantas mais exóticas e bonitas, vai precisar investir mais em iluminação, o mínimo de 1watt por litro e se pretente ter planta carpete (extremamente exigente) vai precisar de muita iluminação 1,5watt por litro ou mais.

3. CO2 injetado: para a planta fazer a fotossíntese ! Se não vai utilizar CO2 ou vai fazer algo caseiro só utilize plantas que se adapte à pouco CO2 gerado pelos peixes: elódea, cabomba e valisnéria (somente)! Todas as demais plantas (higrófilas) necessitam de CO2 disponível quer seja por pastilhas e latas spray (aquários pequenos, até 100 litros) ou com cilindro de CO2 (aquários maiores de 100 litros). Plantas muito exigentes como carpete, só vão bem com bastante CO2.


Outras informações: 

Você pode encontrar várias opções de produtos relacionados às suas plantas ao clicar nos links abaixo:

Substrato Fértil, que irá oferecer nutrientes para as plantas através de suas raízes;

Fertilizantes, que irão oferecer nutrientes para as plantas através de suas raízes e folhas, com a vantagem de poderem fertilizar seu substrato (ou repor nutrientes em um substrato fértil mais antigo) sem exigir a remontagem do aquário;

Sistemas de CO2 que incluem acessórios como cilindros, difusores, reatores, manômetros, válvulas e refis;

Ferramentas para plantado que irão facilitar no plantio e manutenção das suas plantas;

A Chácara Takeyoshi, fornecedora das plantas, trabalha com o sistema de hidroponia com a maioria de suas plantas, portanto elas podem ser entregues em sua forma emersa e vão demorar algumas semanas (aproximadamente um mês, quando for o caso) para se modificarem completamente dentro do seu aquário.

A iluminação tem uma importância fundamental para as plantas, tanto seu excesso quanto sua escassez são prejudiciais, por isso é recomendado sempre utilizar as lâmpadas corretas e trocá-las – de forma gradual – aproximadamente a cada 6 meses. Nunca troque todas as lâmpadas de aquário de uma só vez! Isso pode acarretar em surtos de algas. Existem diversas opções de lâmpadas em nossa seção de Iluminação.

DicaRsDiscus: Gostaria de aprofundar seu conhecimento sobre plantas e saber dicas sobre como plantá-las corretamente, sua manutenção em relação ao CO2, iluminação, fertilizantes, podas, doenças, posição em layouts e muito mais? Recomendamos então que adquiram os livros Aquapaisagismo: Introdução ao Aquário Plantado e Guia de Plantas Aquáticas, ambos disponíveis em nossa loja através dos links mencionados.

É extremamente importante o monitoramento dos parâmetros da água, para isto são recomendados os testes periódicos de pH, GH, KH, Amônia, Nitrito e Nitrato. Existem produtos que testam certos parâmetros constantemente, sem que o aquarista necessite fazê-los a toda hora e que permitem um monitoramento 24 horas, são eles o Seachem Ammonia Alert e Seachem pH Alert – ambos disponíveis em nossa área de Medicamentos e Testes Todos os outros testes químicos também podem ser encontrados na mesma área supracitada do site.


As plantas irão em vaso de hidroponia, com cerca de 2 cm de diâmetro.

Não é possível afirmar a quantidade de cada vaso, pois, é natureza; alguns vasos podem vir com mais ou menor quantidade. Exemplo:

 


Tem dúvidas quanto à iluminação que deve utilizar para suas plantas? a RsDiscus te dá uma mão:


Fontes consultadas:

SUZUKI, R. Guia de Plantas Aquáticas. Londrina : Aquamazon, 2011.

ALMEIDA, X, M. & SUZUKI, R. Aquapaisagismo: Introdução ao aquário plantado. Londrina : Aquazon, 2008.

Características



Deixe seu comentário e sua avaliação