Kinguio Ryukin Calico 10 cm (já com cupim alto e barrigudo) (NOVIDADE)

Código: 10295

Marca: RS Discus

Avaliação: 0 Comentário(s)
Na compra desse produto ganhe 90 pontos RsDiscus

Por:
R$ 90,00

R$ 81,00 à vista com desconto Depósito Bancário
Simulador de Frete
- Simulador de Frete
/1

Kinguio Ryukin Calico


 

NOTA SOBRE KINGUIOS E SUAS VARIAÇÕES:

O peixe-dourado, Carassius auratus , experimentou uma forte seleção antropogênica durante sua história evolutiva, gerando uma tremenda extensão de variação morfológica em relação àquela Carassius nativo.

Sobre mutação de coloração durante a vida: devido ao cruzamento genético em criadouros animais de cruzamento F1, F2 e F3 (apuração de raças, sendo o nível maior de pureza F5) podem sofrer alteração de padrão de coloração durante suas passagens da vida filhote/juvenil/adulta, o que é normal, dependendo do gene recessivo ou dominante e não há como parar a genética ou avaliar quando filhotes, qual sua coloração final na fase adulta. Os animais provindos de matrizes F4 e F5 são extremamente raros e extremamente caros (não trabalhamos com este tipo de animal por falta de demanda), devido à pureza de sua raça, só encontrados para venda diretamente de raros criadores pelo mundo (no Brasil quase não há) que primam pela pureza e para fins de competição. Trabalhamos essencialmente com filhotes de criadores com valores acessíveis de matrizes F2 e F3 de todos os tipos de kinguios que temos à disposição.

Variação Oranda: Oranda foi criado à partir de cruzamentos utilizando Ginogênese e Androgênesis, uma anomalia genética que foi separada e apurada ao longo de matrizes F1 a F5 (não existe na natureza). Logo, se foi criado a partir de uma anomalia genética e sendo matriz F2 ou F3 podem apresentar anomalia genética “oranda” em outras partes do corpo, que podem cair com o tempo ou não. O que não torna o animal defeituoso ou sem saúde, pelo contrário; a oranda é mesmo uma anomalia genética que foi utilizada pelo homem.

Variação Bolha: assim como a variação oranda, também é uma anomalia genética fixada em apuração gerando nova variante que não existe na natureza. É possível furar a bolha em brigas entre indivíduos no aquário, furar em pedras pontiagudas, cascalho, decoração etc, mas, em 99% dos casos a bolha renasce após alguns meses.

Variação Telescópio: É um kinguio e não uma carpa, originário do Carassius auratus gibelio japonês conforme estudo científico com isolamento de genes, na Bibliografia.

Variações Ranchu e Ryukin: Mais duas anomalias genéticas que não existem na natureza, que foram isoladas e fixadas por meio de matrizes F1 a F5. Trabalhamos com filhotes de matrizes F2 e F3 (como explicado acima em mutação de coloração), além de poder sofrer alteração de coloração nas fases da vida (ler acima sobre mutação de coloração), pode ter corcunda (Ranchus) e dorsal protuberante (Ryukin) mais ou menos acentuada, dependendo do indivíduo e podendo acentuar a corcunda/dorsal a medida em que cresce ou não, podem ficar mais barrigudos nas fases juvenis ou adulta, ou não, não sendo possível avaliar como ficará na fase adulta a partir do filhote.


Nome Popular: Kinguio, Kingyo, Goldfish, Peixe Japonês.

Nome Científico: Carassius auratus, Linnaeus, 1758

Família: Cyprinidae

Origem: Ásia

Sociabilidade: Grupos

pH: 7.0 a 7.6

Temperatura: 18 a 24ºC

Dureza da água: mole a média

Expectativa de vida: Cerca de 10 a 20 anos, já houve registro de um exemplar de 45 anos!

Manutenção: Média

Tamanho adulto: Aproximadamente 20 a 30 cm

Quantidade por litro: um kinguio* para cada 50 litros de água

(*Independente se é um filhote ou adulto, pois, o peixe só cresce se tem espaço suficiente para crescer saudavelmente, se oferecer espaço menor do que o necessário enquanto está crescendo; o kinguio vai ficar deformado, com nadadeiras  e cauda tortas e/ou retorcidas, coluna torta, olhos esbulhados desproporcionais ao corpo).

Alimentação: Onívora com tendência ao herbivorismo, para incentivar a reprodução e manter seu peixe saudável e com belas cores é recomendado oferecer fontes de proteína vegetal para o complemento da dieta (spirulina), além da ração específica para a espécie. Não são raros os casos de problemas na vesícula gasosa (antigamente chamada de bexiga natatória) em exemplares desta espécie, portanto o cuidado com a alimentação deve ser redobrado.

Dica RsDiscus:  Lembre-se sempre de alternar as rações para oferecer uma dieta rica e variada!

CLIQUE AQUI PARA VERIFICAR AS RAÇÕES PARA KINGUIOS.

Dimorfismo sexual: O macho apresenta - quando sexualmente maduro - pequenos pontos na região do opérculo e primeiro raio das nadadeiras peitorais, também conhecidos por Órgãos de Pérola ou Tubérculos Nupciais. A fêmea possui o ventre mais roliço (principalmente em época de desova) e não ostenta os tais pontos. Importante: estas características aparecem em peixes no final do estágio juvenil e em adultos, a diferença sexual entre filhotes é mais difícil de ser observada.

Comportamento:  São calmos e vivem em grupos.

Reprodução: Ovíparo, a fêmea libera seus ovos na água - próximo à superfície - e o macho nada em volta fertilizando-os, estes ovos são aderentes eé recomendado o uso de plantas flutuantes no lago para que eles se fixem em suas raízes e o risco de virarem alimento dos adultos diminua, pelo menos até que sejam separados. Os ovos eclodem em algumas horas e após dois ou três dias da eclosão os alevinos já consumiram o conteúdo do saco vitelino e começam a nadar.

Não ocorre o cuidado parental entre os peixes desta espécie, a partir do momento em que os filhotes apresentam nado livre pode-se oferecer rações específicas para alevinos de ovíparos e alimentos vivos como infusórios, microvermes, náuplios de artêmia, conforme os filhotes forem crescendo alimentos vivos de maior porte podem ser oferecidos.

Recomenda-se usar filtro interno de espuma ou então colocar perlon na entrada de água do filtro externo para evitar sugar os filhotes, quando em aquários próprios para reprodução.

Tamanho mínimo do aquário: 200 litros, para um pequeno grupo.

Outras informações: Os melhores companheiros para kinguios são outros kinguios! Existem várias opções de cores das mais diversas variedades que podem ser combinadas para compor uma fauna diferenciada, assim como também existe a opção de manter um grupo de peixes da mesma variedade e cor.

Apesar de necessitarem de uma filtragem redobrada no aquário, é importante que isso não deixe a água muito agitada, pois são peixes de águas mais calmas e a maioria das variedades apresenta nado lento. São peixes que não possuem estômago e produzem muitas excretas, o que contribui para a diminuição da qualidade da água, além de crescerem bastante e estes são alguns dos motivos para precisarem de aquários grandes - ou lagos - para viverem bem!

Como diferenciar as variedades vendidas na RsDiscus:

Black Moor - É a variedade negra do kinguio Telescópio, seus olhos são um pouco menos saltados do que nos outros Telescópios. Esta variedade fica com aproximadamente 25 cm quando adulto, é um peixe de nado um pouco mais lento que o dos outros kinguios.

Bolha - Não possui nadadeira dorsal, seu corpo é mais "reto" e apresenta grandes bolhas em torno dos olhos. Estas bolhas são sensíveis e a pele pode se rasgar com facilidade, portanto cuidado com a decoração do aquário e os companheiros. Esta variedade fica com aproximadamente 15 a 30 cm quando adulto, é um peixe de nado mais lento que o dos outros kinguios.

Cálico - Este termo se refere às escamas do peixe e pode se aplicar a diversas variedades, aparecendo em conjunto com as mesmas. E a mistura de escamas transparentes e metálicas, que produzem um efeito perolado.

Cometa - Seu corpo é alongado e mais delgado que o das outras variedades, sua nadadeira caudal é bifurcada e longa. Esta variedade fica com aproximadamente 25 cm quando adulto e apresenta nado mais rápido que o dos outros kinguios.

Kohaku - Este termo se refere à coloração do peixe, que apresenta o corpo branco, com manchas vermelhas dispersas pelo dorso.

Lionhead - Não possui nadadeira dorsal, apresenta o corpo "reto" e mais curto. O formato diferenciado de sua cabeça chega a cobrir até a área dos opérculos e normalmente demora cerca de 1 ano para se definir completamente. Esta variedade fica com aproximadamente 12 a 15 cm quando adulto, é um peixe de nado mais lento que o dos outros kinguios.

Miracéu - Também chamado de "Celestial", não possui nadadeira dorsal, o corpo é mais "reto" e seus olhos são voltados para cima. Teve origem em uma mutação do kinguio Telescópio, no século 18, esta variedade fica com aproximadamente 15 cm quando adulto.

Oranda - Semelhante ao Lionhead, mas possui nadadeira dorsal. O formato diferenciado de sua cabeça, conhecido por "coroa" - onde a coroa possui o aspecto de uma framboesa - leva um bom tempo para se definir completamente, geralmente após o 2º ou 3º ano de vida do peixe. Esta variedade fica com aproximadamente 20 a 30 cm quando adulto.

Pearlscale - O corpo desta variedade é oval e suas escamas são pronunciadas, lembrando o formato de pequenas pérolas. Esta variedade fica com aproximadamente 15 cm quando adulto.

Pompom - O corpo desta variedade é curto como o do Lionhead e seu nome vem do septo nasal aumentado, que se move de acordo com o movimento natatório. Esta variedade fica com aproximadamente 12 cm quando adulto.

Ranchu - Não possui nadadeira dorsal, apresenta o corpo arqueado e a nadadeira caudal é mais curta. Sua cabeça apresenta um formato diferenciado, conhecido por "coroa" ou "capuz", onde a coroa possui o aspecto de uma framboesa e o tamanho final do capuz pode levar um bom tempo para se definir completamente. Esta variedade fica com aproximadamente 15 cm quando adulto, é um peixe de nado mais lento que o dos outros kinguios.

Ryukin - Sua principal característica é o dorso bem arqueado, esta variedade fica com aproximadamente 15 cm quando adulto.

Telescópio - Sua principal característica é relacionada aos olhos, que são saltados como se fossem um telescópio. Também é conhecida por Demekin, Globe Eye e Dragon Eye Goldfish, sua visão não é tão acurada quanto a das outras variedades e fica com aproximadamente 20 cm quando adulto.

Estes peixes apresentam sua coloração de forma vívida apenas quando mantidos em ambiente ideal, peixes em situação estressante (baterias de lojas, logo após o transporte, etc) podem apresentar coloração muito pálida, que é facilmente revertida ao ser transferido para um local com parâmetros e necessidades adequadas à espécie.

É extremamente importante o monitoramento dos parâmetros da água, para isto são recomendados os testes periódicos de pH, GH, KH, Amônia, Nitrito e Nitrato. Existem produtos que testam certos parâmetros constantemente, sem que o aquarista necessite fazê-los a toda hora e que permitem um monitoramento 24 horas, são eles o Seachem Ammonia Alert e Seachem pH Alert – ambos disponíveis em nossa área de "Medicamentos e Testes". Todos os outros testes químicos também podem ser encontrados na mesma área supracitada do site.

Igualmente importante é a manutenção constante da temperatura da água para evitar quedas bruscas que podem levar à debilitação do sistema imunológico do animal e ao surgimento de doenças. Esta manutenção é atingida com o auxílio de aquecedores e/ou termostatos – sendo  os últimos mais recomendados, por possuírem um mecanismo que controla a temperatura evitando assim o aquecimento excessivo da água do aquário – e  ela é monitorada utilizando-se termômetros que podem ser tanto internos quanto externos. Acessando a nossa área intitulada "Temperatura" você encontra várias opções de termômetros, aquecedores e termostatos.

É iniciante e não sabe como montar um aquário? Em nossa aba de "Downloads" existem vários textos informativos para lhe informar ainda mais sobre este maravilhoso hobby.

Exemplo de um aquário com kinguios:


Alguns peixes indicados para esta espécie: Outros kinguios, carpas, beijadores, molinésias, platys e espadas.

No caso de plantas vivas, como o kinguio tem necessidade de vegetais em sua dieta, ele pode comer as plantas (para tentar evitar, pode-se dar três vezes na semana uma ração à base de Spirulina para evitar o ataque às plantas). Como ele procura alimentos constantemente pode arrancar plantas do substrato, prefira plantas resistentes como anubias.


PEIXES COMPATÍVEIS:

1. Sempre planeje seu aquário com peixes de mesmo pH, temperatura, nível de agressividade e tamanho próximo:

- Água ácida (6.0 a 6.8), água neutra (6.8 a 7.2) ou água alcalina (7.2 a 9.0);
- Mesma temperatura (peixes tropicais: 26 a 30 graus C / peixes de água fria: 18 a 26 graus C);
- Misturar animais pacíficos com pacíficos, agitados com agitados, agressivos com agressivos e carnívoros com carnívoros, qualquer combinação diferente, poderá trazer problemas;
- Também misturar animais grandes, médios e pequenos da mesma espécie quase sempre vai ter problemas. Os peixes médios e pequenos terão menos acesso à alimentação do que os grandes e poderão se tornar peixes defeituosos e subnutridos.

 2.  Se verificar na descrição RsDiscus que o animal é territorialista, de agressividade média a alta, planeje comprar todos os animais no mesmo mês e do mesmo tamanho que os habitantes antigos do aquário. Caso compre novos animais para um aquário já habitado há meses ou anos, pode-se tentar as seguintes técnicas:

- Mudar velhos habitantes briguentos para aquário de quarentena ou hospital e deixá-los lá por um mês, modificar a decoração do aquário, mover pedras, troncos e enfeites de lugar, na tentativa de parecer um novo ambiente, colocar os animais novos no aquário antigo. Após um mês juntar todos no mesmo aquário e verificar o comportamento deles nos próximos dias;

- Colocar os mais briguentos em criadeira de tela ou separar o aquário com tela de acrílico, para que possam se ver, mas, sem agressão ou lutas, por um mês ou mais;

- Última alternativa, doar ou trocar o animal estremamente agressivo com um amigo ou com alguma loja do ramo;

3. Se você tem aquário principal com animais grandes e só encontrar pequenos para a compra:

- Pode-se criá-los em aquário quarentena (somente vidro, filtro tipo hang on e termostato) para engorda e crescimento, alimente-os com duas ou mais rações de qualidade (para dar variedade), alimento congelado e vivo em abundância (alimentação de 2 a 3 vezes ao dia), troca parcial de água (TPA) a cada 2 dias (15%), a RsDiscus indica o uso de Garlic, Vitaminas e Sais* (não utilize nenhum tipo de sal para peixes de couro, como cascudos, botias e corydoras, entre outros). Cerca de 5 a 9 meses estarão juvenis e com tamanho de competição com outros animais adultos do aquário principal.



      GUIA DE ACLIMATAÇÃO VISUAL RSDISCUS AQUÁRIOS:


Tem dúvidas sobre a quantidade de substrato, de peixes, o aquecedor ideal, a vazão do filtro, iluminação, litragem do aquário? Não deixe de aproveitar os Cálculos RsDiscus e sanar estas questões!

Fontes consultadas:

Roberto Sentanin (RS-discus criador profissional de peixes ornamentais e fundador da RsDiscus).

FishBase

Aqua-Fish

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3602300/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19027055

Características



Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.